Filme e Trilha Sonora: As Vantagens de Ser Invisível!

Hoje vou falar de um filme que acredito que vai ser o queridinho dos próximos anos: As Vantagens de Ser Invisível. O filme, dirigido por e estrelado por Logan Lerman, Erza Miller  e Emma Watson, é baseado no livro de mesmo nome escrito por Stephen Chbosky. Lançado em 1999, a obra só atingiu a fama recentemente, através de redes sociais como o Tumblr e o Printerest, e depois que foi anunciado que a história seria passada para as telonas.

O enredo gira em torno de um garoto de 16 anos chamado Charlie. A primeira impressão que temos é de que ele é um menino muito fofo e tímido, que tem muita dificuldade de fazer amigos (quem quis ser amiga dele levanta a mão o/) e quer isso desesperadamente, principalmente quando tem de enfrentar seu primeiro ano do Ensino Médio. Quem já passou pelo estranho período do Ensino Médio sabe que ele pode ser tanto a melhor fase da sua vida, quanto uma tortura de longa duração. Charlie começa o ano letivo acreditando muito mais na segunda opção, e, inicialmente, de fato acredita que vai passar todos os três anos se sentindo um peixe fora d’água, sozinho e sem amigos.

Logo percebemos que seu refúgio é a escrita e a leitura: uma fantasia sem fim, um “mundo ideal” que ele procura para fugir de seus traumas de infância e adolescência, que envolvem suicídio, depressão e outros problemas mentais. Na aula de literatura avançada, sua preferida, ele observa um garoto que sofre bullying dos outros alunos, o Patrick. Charlie logo sente uma empatia grande por ele e, num evento da escola, faz um esforço muito grande e toma coragem para sentar ao seu lado. Logo surge Sam (Emma Watson), e percebemos logo que ela é quase o oposto de Charlie: extrovertida, alegre e desinibida.

Os três começam a formar uma forte amizade, enquanto Sam e Patrick entendem um pouco mais sobre a insegurança de Charlie e sua timidez. O protagonista, nesse tempo, finalmente sente-se em casa, acolhido, porém sempre com a sombra da efemeridade dos laços humanos: seus amigos são veteranos, e esse é seu último ano na mesma cidade. Logo eles irão para a faculdade, e Charlie tenta afastar a ideia de que ficará não só sozinho novamente, mas também longe de seu primeiro amor (Sam).

Se eu contar mais sobre o filme, vai ser spoiler e perde a graça. As Vantagens de Ser Invisível é um filme sobre todos aqueles que têm um passado obscuro que se manifesta aqui e ali, que fazem nós sermos quem somos. Mas não de um jeito bom, como vemos em imagens motivacionais: de um jeito ruim, que nos deixa estagnados no mesmo lugar, nos sufocando. Lendo as sinopses por aí e observando os posteres do filme, você pode esperar uma comédia/drama leve, mas garanto que esse filme é de balançar com força os que são mais sensíveis. Inclusive, se eu tivesse que designar esse filme em uma só palavra, eu diria que ele é “sensível”. Daí o nome da história: “The Perks of Being a Wallflower”/As Vantagens de Ser Invisível. “Wallflower”, em inglês, não significa somente invisibilidade, ou passar despercebido: significa usar isso para ver o mundo e buscar entendê-lo, o que muitas vezes é doloroso para Charlie.

Pesado em alguns momentos e leve em outros, As Vantagens de Ser Invisível é um filme para pensar, relembrar, querer viver. Cheio de frases de efeito que ficam marcadas em nossas cabeças, ele passa muitas lições sobre a vida, e, acredite, você vai querer aprendê-las.

Sobre a música do filme:

Durante toda a trama, a trilha sonora é fundamental. Inclusive, a música é uma parte importante na vida de todos os personagens, principalmente aquele poder que só a música tem: despertar no peito um sentimento forte, inexplicável, em que a música não é só um som, mas sim uma trilha sonora que arrepia a pele.

Os gêneros vão desde o Dream Pop até as várias ramificações do rock alternativo, que passam pela psicodélica e o hardcore. Vale a pena conferir porque as músicas contextualizam bastante não só o filme, mas também o cenário underground dos anos 90: você vai ouvir coisas que provavelmente não se encontra dando sopa por aí. E ah, prestem bastante atenção em como a música da cena do túnel a deixa ainda mais tocante e maravilhosa, como se tivesse sido escrita justamente para aquela parte do filme! Ouça a trilha aqui.

E aí, o que acharam do filme? Queremos saber as opiniões de vocês!

One thought on “Filme e Trilha Sonora: As Vantagens de Ser Invisível!

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s