Livro: Perfeitos

– Meu nome é Tally Youngblood e quero me tornar uma perfeita

Scott encerra seu tão comentando livro Feios com essa frase arrebatadora e que deixa todos curiosos para saber como  a Tally vai seguir seu destino. E ela seguiu? Descobri lendo Perfeitos, segundo livro da série e vou contar para vocês!

Obs: Existe uma grande possibilidade de ocorrer spoilers nesse post, se você não gosta é melhor evitar.

Festas, bebidas, muita diversão, namoro… a vida perfeita de Tally em Nova Perfeição é extremamente fútil, como um bom perfeito deve ser. Agora ela pertence ao Crims, grupo no qual só é aceito que teve uma vida feia completamente movimentada, digamos. Ela namora com o líder do Crims, Zane, e lá convive com Shay e Peris, seus melhores amigos.

Em uma dessas festas depois da sua operação, ela encontra um feio de sua época da Fumaça, um local onde as pessoas vivem como a nossa sociedade . Esse encontro é um momento crucial do livro, já que ele muda completamente a vida de Tally e a de Zane e que, logo após, eles tomam a cura contra as feridas que ocorre no cérebro por conta da operação.

Acontece que Zane reage mal ao remédio e Shay começa a se comportar de uma forma estranha e briga com Tally. Algo estava podre no reino dos perfeitos. Eis que Tally e Zane resolvem fugir com os Crims para encontrar a Fumaça e curar todo mundo.

As duas primeiras partes do livro mostram a fuga e os personagens repetem muito a palavra borbulhante, até cansar.

Durante a fuga, Scott convida ao leitor para fazer uma reflexão sobre dominação, livre-arbítrio e realidade. A nova ordem mundial (haha) acredita que os humanos, livres e sozinhos, caminham para o caos e a destruição. Este seria um dos motivos da cirurgia e da padronização. Mas o problema é que a sociedade não tem a opção de escolha. Você pode ser perfeito e ter uma vida fácil ou ser “feio” para sempre, a escolha tem que ser sua. E Scott apresenta isso em um diálogo ótimo entre Tally e Peris.

Outro ponto interessante é quando Tally entra, sem querer, em uma reserva onde as pessoas vivem como pré-históricos. Eles acreditam que a Tally é uma deusa (por causa da sua beleza) e matam pessoas de tribos inimigas. O que eles não sabem que o mundo deles é uma mentira e que eles participam de um estudo da raiva. Nesse momento, ainda rola um estranhamento de Tally por causa que essa tribo acredita em Deus.

E claro, no quesito romance, tinha que acontecer alguma confusão. Lá na terceira parte do livro, Tally encontra o David e ele a leva até o acampamento, onde está Zane! É claro que Tally se vê divida entre os dois, mas a escolha dela foi um momento super impactante para todos.

Assim como Feios, a última frase do livro deixa todo mundo curioso para saber do destino de Tally. Estou louca para ler Especiais para saber o que acontece. E lógico, vou contar!

4 thoughts on “Livro: Perfeitos

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s